Escreve o Globo Esporte que o São Paulo recusou uma proposta de quatro milhões de euros por Éder Militão.
Com as negociações a conhecerem vários avanços e recuos, escreve a mesma fonte que a formação brasileira está a tentar adiar a saída para poder contar com o defesa na próxima partida do Brasileirão, e ao mesmo tempo manter-se em negociações com os responsáveis portistas de forma a garantir uma percentagem de uma futura venda.
Após terem assegurado os serviços do jovem brasileiro na última janela de transferências, os azuis e brancos tentam a todo o custo adiantar a chegada do brasileiro a Portugal.