O FC Porto venceu esta quarta-feira em Moscovo, por claros 3-1, mas com uma exibição em que foi necessário colocar muita aplicação para sublinhar triunfo justo, merecido e que espelha bem a superioridade da equipa portuguesa.

O duelo ficou, também, marcado pela presença de dois portugueses do lado do Lokomotiv, Manuel Fernandes e Éder, e que acabaram por marcar negativamente o jogo para a equipa russa.

O Lokomotiv poderia ter saído na frente do marcador, mas Manuel Fernandes falhou um penálti; embora seja mais justo dizer que Casillas o defendeu, pois o guarda-redes internacional do FC Porto fez uma defesa verdadeiramente fantástica.

Ainda na primeira parte, Éder acabaria por cometer penálti, que Marega não desperdiçaria.

Herrera fez o segundo golo, o Lokomotiv ainda reduziu, mas, no recomeçou do jogo, após intervalo, grande jogada de Brahimi e golo de Corona.