A um empate do apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões e a uma vitória de garantir o primeiro lugar do Grupo D, Sérgio Conceição respondeu aos comentadores que desvalorizaram o valor dos adversários (Schalke, Lokomotiv Moscovo e Galatasaray) do FC Porto.

«Ouvi uma coisa fantástica de um comentador que disse que o Schalke era mais fraco que o Qarabag. Claro que não dou importância a essas coisas, mas deixa-me chateado esta forma leviana de falar e de minimizar os feitos do FC Porto. Temos um grupo equilibrado, sem nenhum tubarão, é verdade, mas por vezes é mais fácil passar um grupo com um tubarão e dois golfinhos. Nós temos um grupo equilibrado em que é mais difícil conseguir o apuramento», disse na antevisão ao jogo de quarta-feira com o Schalke, adversário que tem vindo a melhorar depois de um início de época atípico:

– O campeonato alemão é, talvez, o mais competitivo do Mundo. O Schalke foi vice-campeão no ano passado, este ano não começou tão bem, mas tem vindo a melhorar. É uma equipa fortíssima, tem como base um sistema tático diferente do habitual e cria dificuldades aos adversários. É uma equipa que sabe o que quer e é bastante objetiva. Arrisco-me a dizer que vamos ter o jogo mais difícil desta fase de grupos. E estamos preparados para isso. É um desafio para nós a forma como vamos encarar este jogo, tentar condicionar o adversário e explorar os seus pontos fracos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here