A direção do FC Porto ainda não atirou a toalha ao chão em torno das renovações do mexicano Hector Herrera e do argelino Brahimi.

O FC Porto vai tentar até dezembro garantir a renovação dos dois jogadores, mas tarefa não se afigura nada fácil de concretizar, visto que ambos estão em final de contrato, os dois fazem 29 anos em 2019 e o próximo contrato poderá ser o último grande vínculo da sua carreira.

Desse modo, as exigências financeiras de ambos podem ser incomportáveis para o FC Porto.