É já nos próximos dias 12 e 13 de Abril que vai decorrer em Mêda, na Guarda, o I Congresso Nacional das Associações de Pessoas com Diabetes, um evento que pretende abordar o papel do associativismo e das redes comunitárias na promoção da saúde do doente diabético.
O encontro organizado pela FPAD – Federação Portuguesa das Associações de Pessoas com Diabetes, que integra quinze associações de doentes de várias zonas do país, incluindo as regiões autónomas, vai aliar sessões informativas a momentos de atividades práticas e ao debate associativo.

Da prevenção à desmistificação, um dos grandes objetivos é ajudar na construção de um futuro melhor associado à Diabetes. “Este será o primeiro de muitos. Queremos mostrar que a Diabetes tem impacto no nosso país, na vida de todos e que há muita gente a lutar por uma vida melhor para estas pessoas, no terreno, a nível local, onde as associações têm um papel deveras importante!”, esclarece Emiliana Querido, Presidente da FPAD.

Além da temática da prática de desporto e a sua compatibilidade com a doença com testemunhos reais, o Congresso vai destacar a importância dos cuidados na alimentação promovendo inclusive um workshop de cozinhaterapia.
O tema da inovação e perspetivas para a área ficará a cargo de especialistas médicos, enquanto que várias associações vão despertar o debate numa mesa redonda focada no presente e no futuro da doença e no papel do associativismo na diabetes.

Sobre a Diabetes

A nível mundial, mais de 425 milhões de pessoas têm diabetes e a maioria dos casos é de tipo 2, que é amplamente evitável pela prática de atividade física regular, uma dieta saudável e equilibrada e a promoção de ambientes saudáveis.
A doença afeta mais de 13% da população portuguesa e estima-se que 44% das pessoas com diabetes esteja por diagnosticar. Cerca de 50 mil são de Tipo 1, sendo uma patologia autoimune neste caso não é possível a prevenção, mas a gestão multidisciplinar é fundamental.
Entre dez a doze portugueses morrem a cada dia, em média, por diabetes, uma doença que afeta mais de um milhão de pessoas em Portugal.

Sobre a FPAD – Federação Portuguesa das Associações de Pessoas com Diabetes

A Federação Portuguesa das Associações de Pessoas com Diabetes assume a responsabilidade e o compromisso de defender os direitos e interesses das pessoas com diabetes através do apoio às Associações Filiadas e de toda a Comunidade de Pessoas com Diabetes.
Criada no ano 2000, está desde 2017 sob uma nova direção e conta com quinze associações de pessoas com diabetes como membros, de várias zonas do país incluindo as regiões autónomas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here