Há uma série de jogadores do Estoril que estão impedidos de participar, esta quarta-feira, nos 45 minutos em falta no duelo com o FC Porto, interrompido a 15 de janeiro por receios quanto à solidez da bancada norte do António Coimbra da Mota.
No total são 10 os indisponíveis: Tiago Cardoso, Joel e Gonçalo Brandão estão lesionados; Kléber também está lesionado, mas cumpria castigo na altura da data inicial da partida; Fernando Fonseca está no clube emprestado pelo FC Porto); enquanto Dankler, Ailton, Matheus Savio, Ewandro Costa e Gonçalo Santos são reforços do plantel que não estavam inscritos no dia da 1.ª parte do jogo.
Posto isto, Ivo Vieira tem 16 jogadores disponíveis, incluindo Duarte Valente, requisitado à Federação Portuguesa de Futebol, uma vez que estava convocado para esta semana representar a Seleção Nacional de sub-19.
Diga-se que os regulamentos não permitem que os titulares na ficha original passem a suplentes. Isto é, caso haja alterações nos onzes, estes não contarão como substituições, mas o jogador que sai não poderá estar no banco. E que o Estoril pode fazer apenas duas substituições, uma vez que já gastou uma na primeira parte (Joel por Aylton).