Situação de reféns em banco de Moscovo tratava-se de um exercício

A RT avançava há momentos que uma pessoa ainda não identificada teria feito vários reféns dentro de um banco na zona norte de Moscovo, na Rússia. Uma situação que acabou de ser desmentida pelo próprio banco em comunicado, citado pelos meios de comunicação russos, explicando que se tratava apenas de um exercício.
A situação de reféns estaria a decorrer numa filial do banco Sberbank e terá tomado força após terem sido publicadas online fotografias e vídeos de veículos da polícia no local.
No comunicado o banco referia que estes “exercícios programados” tem como objetivo proteger os clientes e os funcionários do banco, acrescentando que “os empregados, polícia e serviços de emergência” faziam parte do simulacro.
O banco prevê abrir as portas ainda durante esta tarde.