O fogo no concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra, que deflagrou ao início da tarde de sexta-feira, reativou hoje à tarde com uma frente “muito rápida e forte”, disse à agência Lusa Patrícia Gaspar, da Proteção Civil.
Neste momento,existem várias povoações na zona desta reativação, precisando que no terreno estão 294 operacionais, 91 veículos e três meios aéreos.
A adjunta nacional confirmou ainda o corte da A14 – Autoestrada do Baixo Mondego, nos dois sentidos, ao quilómetro 32.