Admitida em bolsa em 2007, a Benfica, SAD angariou através do mercado de capitais um total de €435 milhões, juntando oito operações em empréstimos obrigacionistas e um aumento de capital.

Nas últimas três emissões de obrigações, atualmente em circulação, a SAD da Luz conseguiu encaixe de €155 milhões, com uma taxa média ponderada de 4,08 por cento e uma média de investidores de 4.976.

Na mais recente operação, cujos resultados foram ontem apresentados, a maior fatia dos subscritores (29,2 por cento) investiu entre 10 mil euros e 50 mil euros. Além disso, um quarto dos investidores subscreveu entre 100 e mil euros e outros 25 por cento entre 1.001 euros e cinco mil euros.

«Esta é uma estratégia que vai manter-se», garantiu Domingos Soares Oliveira, reservando já a sala da Euronext para daqui a um ano.