A vénia que se impõe ao FC Porto, pelo mérito de integrar reduzida lista de líderes europeus que ainda não sofreram derrotas nos respetivos campeonatos. O grupo é exclusivo e os contornos da proeza portista adquirem dimensão imensa, pois não é todos os dias que se dá pela presença de dragões entre poderosos clubes como Barcelona (Espanha), Manchester City (Inglaterra), Paris Saint-Germain (França) e Nápoles (Itália).

Curiosidade pronunciável: Barcelona e City somam dez vitórias e um empate nas respetivas ligas, valores idênticos aos exibidos pela equipa de Sérgio Conceição. PSG e Nápoles é que somam uma jornada mais, colecionando dez triunfos e dois empates, cada. Já na Alemanha, o Bayern de Munique vai com oito triunfos, dois empates e uma derrota.