As próximas horas serão decisivas para o futuro desportivo de Marega. O maliano, que ontem voltou a treinar-se à parte do restante plantel do FC Porto, acalenta o sonho de ser inscrito até às 17 horas de hoje na Federação Inglesa de Futebol pelo West Ham, mas para isso o clube londrino tem primeiro que pagar a cláusula de rescisão cifrada em 40 milhões de euros.

Marega continua sob a alçada disciplinar da SAD azul e branca, depois de na semana passada ter exigido sair para o West Ham, que alegadamente teria apresentado uma proposta de 30 milhões de euros aos azuis e brancos para comprar o seu passe.

Para já, Marega está afastado do grupo de trabalho e ainda não há indicações de quando será reintegrado no grupo de trabalho. A questão é que enquanto Sérgio Conceição não sentir que o futebolista está de cabeça limpa e novamente comprometido em ajudar o grupo, deixando de parte os interesses pessoais, Marega não voltará a treinar-se com os companheiros. E, antes disso, também terá de se retratar perante todo o grupo de trabalho, depois de ter abalado a estabilidade do mesmo com a tomada de força que usou para forçar a saída do dragão. O sonho jogar em Inglaterra deve ser adiado. Ou não…