A Guarda Nacional Republicana capturou, em Idanha-a-Nova, um homem de 34 anos, de nacionalidade estrangeira, que tinha um mandado de detenção europeu pendente, anunciou o Comando Territorial de Castelo Branco. Em nota de imprensa, a GNR adianta que a detenção foi realizada no último sábado, na sequência de uma ação de fiscalização junto a um supermercado daquela localidade.
Ainda segundo a GNR, o detido é considerado violento pelas autoridades estrangeiras e foi presente, ontem, no Tribunal da Relação de Coimbra, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva, até ser extraditado para a Alemanha, onde cumprirá uma pena mínima de 15 meses de prisão.