Cristiano Ronaldo reconheceu numa entrevista à GQ italiana que, não obstante os seus 33 anos, pode manter-se a jogar ao mais alto nível durante mais alguns anos. O jogador português do Real Madrid, capitão da Seleção Nacional, tem muitos cuidados com a sua forma física e não perde a ambição de ganhar títulos.
“Ao nível pessoal este momento é fantástico. A família está em crescimento, sinto-me muito feliz com a minha vida. Ao nível profissional tive dois anos muito bons, em que ganhei títulos pelo meu clube e pela Seleção Nacional, e sinto que posso manter-me ao mais alto nível durante alguns anos.”

Para tal a preparação física é fundamental. “A vida é um desafio em todos os pontos de vista. E tento estar ao mais alto nível do ponto de vista físico, porque isso é muito importante na minha profissão. Tenho de estar a 100 por cento, para mim esse assunto é muito sério. Para manter este nível é preciso fazer sacrifícios; há certas coisas que fazia quando tinha 20 anos e que já não posso fazer, há que tentar encontrar um equilíbrio. São os pequenos detalhes que fazem a difeença.”
Vontade de ganhar é coisa que não falta ao jogador português. “Tenho ambição, muita ambição. As pessoas devem perseguir os seus sonhos, eu persegui o meu e quero continuar a fazê-lo. Para melhorar e alcançar ainda mais conquistas.”
Cristiano Ronaldo não olha para trás, pensa apenas naquilo que está por vir e nos títulos que ainda pode conquistar. Por isso, quando lhe pedem para escolher uma jogada memorável, acaba por ser algo vago. “Acho que tive algumas atuações memoráveis ao longo da minha carreira e não recordo nenhuma em particular. Procuro focar-me mais no presente do que no passado.”