Aos 33 anos, Cristiano Ronaldo continua no topo do futebol mundial, atualmente o detentor do prémio de melhor jogador do mundo, e sem previsões de terminar carreira a curto prazo. No entanto, o internacional português reconhece que o fim já esteve mais longe, ao mesmo tempo que novos talentos surgem todas as temporadas.

Numa entrevista dada à revista World Soccer, Cristiano Ronaldo foi desafiado a eleger quais os jovens jogadores que lutarão pelo prémio de maior relevância individual, quando o caraque luso e Messi já não se encontrarem no ativo.

Segundo o português, uma das grandes promessas para liderar o universo do futebol é o seu companheiro de equipa, Marco Asensio. «Da a próxima geração, acredito que o Asensio tem potencial», disseCR7 após afirmar que «na última década tudo se resume a Messi e a mim».

«Há 10 ou 15 jogadores com grande potencial que podem ser os melhores, como Neymar ou Mbappé, ou também Dembélé, Rashford ou Hazard», afirmou a estrela portuguesa, atualmente presente nos trabalhos da Seleção Nacional de preparação para o Mundial.