O espanhol Samuel Sánchez (BMC) acusou a hormona de crescimento GHRP-2 num controlo antidoping inopinado, realizado em 09 de Agosto, anunciou hoje a União Ciclista Internacional (UCI), que lembra que Sanchez, suspenso provisoriamente, tem direito a solicitar uma análise à amostra B.
Face a esta suspensão provisória, Samuel Sánchez, de 39 anos, ficará impedido de disputar a Volta a Espanha, entre 19 de Agosto e 10 de Setembro.