O Centro de Interpretação da Serra da Estrela abre as suas portas à comunidade, amanhã, naquele que é um convite alargado para visitar e conhecer as suas exposições, mas também para descobrir a biodiversidade do seu parque verde, no coração da cidade de Seia.
Assim, as visitas guiadas às salas de exposições acontecem às 10.30, às 14.30 e às 16 horas, e proporcionam um percurso virtual à serra da Estrela, naquele que é o início de uma viagem mais alargada ao mundo da fauna e da flora da região. Na sala de exposições permanentes, alusiva ao espaço e ao território, são apresentadas diversas áreas do conhecimento que integram aspetos científicos, didáticos e lúdicos relativos ao planeta Terra, à região Centro de Portugal e à serra da Estrela, em particular. Na sala Património e Natureza, atualmente dedicada às “Lagoas da Estrela – água, energia e biodiversidade”, é retratada a biodiversidade associada às lagoas naturais e artificiais e cursos de água na área de influência do Sistema Hidroeléctrico da Serra da Estrela. Às 10.30 também se inicia a visita guiada ao espaço exterior do CISE, o principal espaço arborizado da cidade.
Esta ação está limitada a 15 participantes e carece de inscrição prévia. O programa da tarde inclui, entre outras atividades, às 15.30, a abertura da XV Exposição de Fotografia de Ambiente do CISE – “Cenários da Estrela”, de António Correia, com a presença do autor senense.
O Dia Aberto termina com uma Conversa Fotográfica, às 17 horas, com a presença do fotógrafo de natureza João Cosme.