A decisão de o reintegrar no plantel foi recente, apenas na vésperas dos jogos europeus a Academia de Alcochete, por imposição da UEFA, abre as portas à imprensa e, por isso, somente ontem de manhã foi possível voltar a ver Bryan Ruiz trajado à leão e integrado nos trabalhos do plantel principal. O internacional costa-riquenho continua a recuperar de lesão que o impediu recentemente de dar o contributo à sua seleção (jogos com Espanha e Hungria), que já prepara participação no Mundial da Rússia do próximo ano, e foi ontem por momentos o centro das atenções das objetivas e também do treinador Jorge Jesus, com quem esteve alguns minutos à conversa antes do início do treino.

O regresso de Bryan Ruiz à competição é por enquanto ainda uma incógnita – curiosamente o nome do costa-riquenho não constou do boletim clínico emitido ontem pelo departamento médico em que fazia alusão apenas às situações clínicas de Jonathan Silva, Acuña e Doumbia -, mas apenas quando estiver totalmente recuperado entrará nas opções de Jesus, pois desde o início da época que foi inscrito na Liga. Ao contrário do que sucede, por exemplo, na UEFA, onde o seu nome não consta. E com o leão a ter ótimas possibilidades de continuar a jogar na Europa, é bem provável que a partir de janeiro Bryan Ruiz possa também ser mais uma solução para Jorge Jesus.