O Brasil venceu, este domingo, a nona Copa América da sua história, derrotando o Peru, no Maracanã, por 3-1. A seleção de Tite quebra, assim, uma série de 12 anos e três edições consecutivas sem conseguir chegar ao ouro.

No Rio de Janeiro, Everton ‘cebolinha’ aproveitou uma assistência de Gabriel Jesus para, ao dobrar do primeiro quarto de hora, lançar a seleção da casa na frente, confirmando a superioridade que vinha tendo nos primeiros minutos.

À beira do intervalo, os peruanos viram o golo do empate ‘cair do céu’. Mão de Thiago Silva na área, confirmação do árbitro pelo sistema de videoárbitro, e Guerrero fazia o empate na marca dos onze metros. Mas foi sol de pouca dura. No terceiro e último minuto dos descontos do primeiro tempo, uma excelente recuperação de bola de Firmino deixou o esférico nos pés de Arthur, que só teve de deixar Gabriel Jesus na cara de Gallese para o 2-1.

No segundo tempo, o Brasil baixou a velocidade e ainda teve de passar por alguns calafrios. À passagem do minuto 70, Gabriel Jesus viu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Marcha atrás de Tite, que de imediato trocou Firmino e Coutinho por Richarlison e Éder Militão, antigo jogador do FC Porto. O coração dos brasileiros acabaria por descansar a dois minutos do fim, após Richarlison converter o 3-1 de penálti, por falta na grande área sobre Everton.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here