Uma idosa de 92 anos está desaparecida há mais de 24 horas em Bragança e a ser procurada por várias autoridades em buscas que foram reforçadas na manhã de hoje, informou a GNR de Bragança.
Segundo ainda as autoridades, a mulher residia no Porto e era natural de Rebordaínhos, uma aldeia do concelho de Bragança. A idosa estaria em Bragança, em casa de uma amiga a passar a época dos Fieis Defuntos.
A fonte da GNR informou que as buscas foram reduzidas durante a última noite, mas nunca estiveram suspensas.
Desde as 08:00 de hoje o dispositivo foi reforçado no terreno com uma equipa cinotécnica (cão e homem), militares da GNR, elementos dos GIPS (Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro) e 10 bombeiros da corporação de Bragança.
De acordo com os relatos feitos à GNR, a idosa não sofreria de qualquer perturbação mental e seria autónoma.