Uma bomba explodiu, esta manhã, em Roma, Itália, na parte exterior de uma estação de correios e as autoridades acreditam poder tratar-se de um atentado. Até ao momento, não há informações de feridos, apesar de alguns carros terem ficado danificados, mas acredita-se que se possa tratar de um atentado. De acordo com o II Giornale, os responsáveis pela investigação crêem que foi uma uma carta armadilhada com explosivos caseiros a provocar o incidente. O dispositivo terá sido colocado entre dois carros, num parque de estacionamento, na Via Marmorata, no centro de Roma.
A polícia avançou aos meios de comunicação locais que não há suspeitas de se tratar de uma iniciativa do Estado Islâmico, sendo mais verosímil a possibilidade de ser um ato de protesto de grupos anarquistas, o que já aconteceu anteriormente. As autoridades italianas já isolaram também a zona do Circo Máximo, onde terá sido colocada uma segunda bomba, e estarão a tratar da desativação do dispositivo. Estará em causa uma ação conjunta.