A goleada sobre o Feirense, anteontem, acalmou os ânimos exaltados dos adeptos do Benfica, depois de semana conturbada, durante a qual o treinador dos encarnados, Rui Vitória, esteve despedido por Luís Filipe Vieira, mas foi readmitido no cargo. A pressão diminuiu e o técnico pode olhar, agora, para o próximo compromisso com algum conforto até porque se trata do regresso à Taça da Liga. No Estádio da Luz, quarta-feira, o Benfica recebe o P. Ferreira, da Liga 2, segundo jogo da fase de grupos da competição, na qual entrou com o pé direito, ou seja, com uma vitória sobre o Rio Ave, por 2-1.

Rui Vitória aproveitará, seguramente, para fazer muitas alterações no onze inicial, desde logo na baliza, na qual Svilar ocupará o lugar de Vlachodimos. No quarteto defensivo, também são esperadas mudanças – Rúben Dias, por exemplo, não tem tido descanso, completando, recorde-se, 180 minutos nos jogos da seleção com Itália e Polónia. Corchia também espreita uma oportunidade, que deverá surgir para Filip Krovinovic (esta época, depois de recuperado da operação ao joelho direito, foi titular com o Arouca, na Taça de Portugal).

Já no ataque os evançados Facundo Ferreyra e Nicolás Castillo, que nem sequer foram convocados para o jogo de anteontem, vão ter minutos de jogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here