Dois treinos bastaram para se perceber que algo mudou com a chegada de Silas, que anteontem substituiu Domingos Paciência no comando técnico do Belenenses.

O novo treinador, de 41 anos, vive a sua primeira experiência numa equipa de Liga, depois de cumprir a função na formação do Sindicato de Jogadores, mas já está a impor o seu estilo e a apertar com o plantel – Silas quer mais intensidade na disputa de bola e maior rapidez nas transições. Nesse sentido, e para uma rápida adaptação, o treinador, com a ajuda de Zé Pedro, adjunto e antigo companheiro, como jogador, no Belenenses, tem mantido várias conversas com o plantel, quer individuais, quer por setores.

O treino de ontem foi novamente no Jamor e integrou-se na preparação do duelo de sábado, com o Marítimo, no Funchal.