O Serviço Municipal de Proteção Civil de Góis encontra-se a envidar esforços, na sequência das intempéries dos últimos dias, que originaram problemas na zona de captação do Rio Ceira, não se encontrando com as condições adequadas para o abastecimento de água à população da Vila de Góis.
Para resolução do problema, estão ao serviço três viaturas dos Bombeiros Voluntários de Góis, um Veículo Tanque de Grande Capacidade (VTGC) e dois Veículos de Apoio Logístico Especial (VALE) que fazem o transporte de água a partir da zona de captação de Ponte do Sótão, na freguesia de Góis.
Um desses veículos foi apetrechado com uma cisterna cedida pelos Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Poiares.
Solicita-se a compreensão de todos e o uso racional da água, de modo a minimizar as carências que se possam verificar, até que sejam repostas as condições normais de captação e abastecimento.
O Município de Góis está reconhecidamente grato pelo empenho das duas Corporações de Soldados da Paz dos concelhos de Góis e de Vila Nova de Poiares.