Patrícia Mamona cancelou a participação no triplo salto do meeting da Liga Diamante de Oslo, que se realiza quinta-feira, apostando no treino.

A recordista nacional (14,65 m), atual campeã europeia e 6.ª nos Jogos Olímpicos Rio-2016 foi operada a um joelho no inverno e só regressou à competição no final de maio, ajudando o Sporting a conquistar a Taça dos Clubes Campeões Europeus de pista, em Birmingham. Patrícia venceu a prova com 13,53 m, após oito meses sem saltar.

«A Patrícia precisa de mais tempo a treinar para tentar recuperar o tempo da paragem. Optámos por cancelar todos os meetingsaté sentirmos que está em condições para saltar a um bom nível», explicou o treinador, José Uva.

«Vai competir pela Seleção nos Jogos do Mediterrâneo, no final deste mês, e depois decidimos o que fazer», anunciou, referindo-se à competição que se realiza em Tarragona, Espanha, entre 22 deste mês e 1 de julho. Os Jogos integram várias modalidades e atletas de 26 países, com o atletismo a decorrer entre 27 e 30 de junho.