Mais de 145 casas foram totalmente destruídas pelos últimos incêndios no concelho de Arganil, sendo pelo menos 85 de primeira habitação, anunciou a Câmara Municipal. Em comunicado para atualizar os dados sobre os prejuízos provocados nas residências pelo fogo, a autarquia sugere aos proprietários das casas de primeira habitação cujas obras de reabilitação sejam de valor inferior a 25 mil euros para contactarem o gabinete de apoio à presidência deste município do distrito de Coimbra.
De acordo com a mesma nota, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, através de equipas técnicas contratadas para o efeito, pretende concluir muito rapidamente este processo de levantamento rigoroso dos edifícios danificados. O processo, em que colaboram técnicos da Câmara Municipal, presidida pelo social-democrata Luís Paulo Costa, e das juntas de freguesia, é, no entender da autarquia, um elemento essencial para cumprir o objetivo de reconstruir o concelho de Arganil.