Tiago Fernandes, que cumpriu este domingo o último jogo no comando técnico do Sporting, analisou a vitória sobre o Chaves (2-1).

«Na antevisão já tinha dito que o Chaves era uma equipa bastante difícil, não foi por acaso que empataram com o FC Porto e o Benfica. Não concedem espaços para ligar o jogo, fecham-se bem, mas fomos pacientes e aproveitámos as oportunidades que tivemos. A equipa apresentou-se bem, fizemos o mais importante, que foi conseguir os três pontos. Há que dar continuidade.

– Arbitragem? A expulsão é mais do que justa e o penálti… O Bas Dost quer chegar à bola, é agarrado, o árbitro já tinha avisado o defesa para não o fazer e ele continuou. Penálti claríssimo sem contestação. Não quero discutir esses lances, os árbitros agora têm o apoio do VAR, que é algo muito importante para o futebol português.»

«Escolhi esta profissão mas sei que não posos decidir o meu futuro. Como disse anteriormente, estou muito feliz e honrado por os adeptos terem mostrado gratidão pelo que tenho dado ao clube nos últimos anos. Isso é que me deixa feliz e no final emocionei-me um pouco, é normal, quando gritaram o meu nome.»

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here