A Assembleia da República aprovou um conjunto de alterações às leis eleitorais, com o objetivo de facilitar o exercício do direito de voto, com efeitos nas eleições para o Parlamento Europeu do próximo domingo, dia 26 de maio.

Uma dessas alterações determinou a eliminação do Número de Eleitor, bastando agora, no momento da votação, a apresentação do Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade ou outro documento oficial de identificação civil. Assim, os cadernos eleitorais estão agora organizados por ordem alfabética.
Nesse sentido, o Ministério da Administração Interna recomenda aos eleitores que confirmem o seu local de voto através dos vários meios à sua disposição. Podem enviar um  SMS gratuito para o 3838, com a mensagem RE (espaço) número CC ou BI (espaço) e data de nascimento, no formato ano, mês e dia, tudo junto. As informações necessárias poderão ainda ser obtidas no Portal do Recenseamento, em www.recenseamento.mai.gov.pt, na Aplicação MAI Mobile (“Saiba onde irá votar”) ou na Junta de Freguesia da área de residência.
Outra das alterações é a disponibilização de uma Matriz de Voto em Braille, que permitirá aos eleitores portadores de deficiência visual votarem sozinhos, sem necessidade de acompanhamento

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here