A tempestade Bruno vai trazer muita chuva, em praticamente todo o país, e vento.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê, para os próximos dias, muita chuva, vento e um aumento significativo da agitação marítima entre o final da tarde desta terça-feira e a manhã de quarta-feira.
A tempestade Ana fez alguns estragos no país, mas agora a ‘culpa’ da situação meteorológica é da tempestade Bruno, e deve-se à passagem de uma superfície frontal associada à depressão, explica o IPMA.
A tempestade encontra-se a sudoeste das ilhas Britânicas e está a deslocar-se gradualmente para leste.
Todos os distritos em Portugal Continental se encontram sob aviso amarelo, exceto cinco no norte do país que estão sob aviso laranja.
Espera-se vento moderado a forte, com rajadas até 80 km/h, que podm atingir os 110/120 km/h nas terras altas das regiões Norte e Centro.
A precipitação atingirá todo o território, sendo mais intensa nas regiões Norte e Centro.