A Brisa prevê avançar em 2019 com as obras de alargamento da autoestrada A1, no sublanço Albergaria-a-Velha/Estarreja, passando das atuais duas para três vias em cada sentido, segundo o projeto consultado pela Lusa. O documento, que se encontra em fase de consulta pública do Estudo de Impacte Ambiental, até 07 de dezembro e que tem por objetivo responder ao aumento de tráfego, tem início no nó de Albergaria e termina antes do nó de Estarreja, perfazendo uma extensão de cerca de dez quilómetros. De acordo com o Resumo Não Técnico do estudo, as obras deverão demorar cerca de 18 meses, prevendo-se a entrada em exploração, com três vias, em 2020. O projeto inclui a substituição das atuais oito passagens superiores por novas, a construir adjacentemente ou no local atual. Prevê-se também a beneficiação da drenagem e da pavimentação em função do alargamento introduzido. Grande parte da área a ocupar está contida na área já expropriada e apenas marginalmente será necessário proceder à expropriação de novas áreas, cujo total é de 4,6 hectares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here