O Benfica acaba de anunciar, no seu site oficial, que a partir desta segunda-feira, na BTV, no programa `Chama Imensa`, «vão começar a ser denunciados os nomes da estrutura montada pelo FC Porto para ameaçar e controlar as entidades desportivas, em especial o setor da arbitragem».

O programa, transmitido todas as segundas-feiras, pelas 18h00, com repetição às 22 horas, passa a ter um objetivo claro: «A divulgação pública e denúncia de quem lidera as reuniões, os nomes e quem é quem na estrutura que o FC Porto montou para a coação e controlo das entidades desportivas, no setor da arbitragem e noutros setores.»

É ainda acrescentado que «a informação será apresentada ao longo de várias semanas» e que a mesma, segundo o Benfica, «demonstra que os que lideravam aquela instituição no tempo do Apito Dourado são precisamente os mesmos que estão agora a usar os mesmos métodos, procurando criar todo um clima de medo e coação que se pensava já ultrapassado».

Ainda de acordo com o clube da Luz, «toda a informação que será divulgada já é do conhecimento de diferentes entidades de investigação judicial», com uma garantia. «Não faremos julgamentos na praça pública, apenas divulgaremos a informação que chegou ao nosso conhecimento e levantaremos questões para serem esclarecidas, também sobre como estão diferentes processos que neste momento decorrem em diversas instâncias, como por exemplo o da invasão do centro de treinos dos árbitros, na Maia.»

Por último, outro anúncio: «Será criada uma linha, esta segunda-feira, para que o público nos faça chegar mais informação sobre ameaças, coação e intimidação exercidas sobre diferentes agentes desportivos, com especial realce para árbitros e seus familiares.»