Os novos órgãos autárquicos de Águeda, resultantes das eleições do passado dia 1, tomaram posse ontem. No seu discurso, o novo presidente da Câmara, Jorge Almeida, eleito pelo movimento independente “Juntos”, agradeceu a confiança que uma grande parte dos Aguedenses depositou na sua equipa, adiantando ter a energia, a vontade, o conhecimento e a coragem, necessárias para iniciar este novo ciclo na governação do município. O autarca prometeu lutar por um concelho mais coeso, procurando, em parceria com as Juntas de Freguesia, dinamizar e regenerar os núcleos urbanos, e afirmou que vai avançar com as ligações ao parque empresarial do Casarão e recuperar a Alta Vila.
No final da sessão, em declarações à Mundial FM, Jorge Almeida falou da sua equipa e da vontade que tem em trabalhar para o concelho e para os munícipes:

Na mesma sessão, o cabeça de lista do PSD à Câmara de Águeda, Miguel Roque, renunciou ao cargo de vereador para o qual foi eleito, tendo sido substituído por Maria Luísa Carvalho, que concorreu em segundo lugar. Procedeu-se ainda à eleição do presidente da Assembleia Municipal, tendo sido eleito Brito Salvador, do movimento “Juntos”, com 16 votos, contra os 13 obtidos pelo candidato proposto pelo PSD, Gil Abrantes.