A Holdimo, segunda maior acionista da SAD do Sporting, deu entrada esta semana nos tribunais com uma ação para destituir a administração liderada por Bruno de Carvalho, anunciou Álvaro Sobrinho, líder da empresa angolana.

Ao Jornal Económico, Álvaro Sobrinho confirmou o processo:«A Holdimo interpôs uma ação para destituir a Comissão Executiva da Sporting SAD, que visa travar a degradação do património e a situação insustentável de uma empresa que é cotada na bolsa.»

O empresário confirma que esta é uma reação à recusa de Bruno de Carvalho em se demitir e resulta «de uma negação total de uma direção que, por si, acha que é dona de tudo».

«A Sporting SAD está numa situação que tem de ter soluções viáveis. A prioridade do acionista é arranjar uma solução, que passa evidentemente pela mudança da direção», acrescentou.