A época 2018/19 traz uma nova esperança para Hugo Ribeiro. O central, de 21 anos, procura estrear-se na equipa principal da Académica depois de dois anos em que não conseguiu cumprir esse desejo, muito por culpa de uma grave lesão que o impediu de competir.
Agora, totalmente recuperado, Hugo Ribeiro acredita que chegou a sua vez.
A cumprir os primeiros treinos sob o comando do técnico Carlos Pinto, o central mostra-se agradado com o que tem visto. “Temos um grupo forte e estamos todos unidos com o mesmo objetivo. Queremos colocar a Académica no sítio onde pertence, que é a 1ª Liga. Sabemos que será difícil, com muitas equipas a lutarem pelo mesmo, mas acredito que vamos conseguir”, frisou, deixando uma mensagem aos adeptos. “Têm sido fantásticos e espero que continuem a apoiar a equipa. Eles são uma mais-valia e uma motivação para nós. Todos juntos, a remar para o mesmo objetivo, tudo fica mais fácil”, garantiu.

Depois de quatro dias de trabalho, os estudantes têm amanhã o primeiro jogo-treino. O teste é contra o Anadia, às 10h30, na Academia da Briosa, naquela que será a primeira oportunidade para os adeptos verem em ação os reforços Peçanha, Júlio Neiva, William e Reko. Zé Paulo, outro dos nomes novos para a próxima época, continua ausente, devidamente autorizado pelo clube.