O Académico de Viseu empatou este domingo 0-0 com o Varzim, em jogo da 14.ª jornada da 2.ª Liga, mas mantém a liderança da classificação.

Tarde muito fria no Estádio do Fontelo, mas com duas equipas empenhadas em proporcionar um bom jogo, apresentando-se sem grandes estratégias defensivas, o que enriqueceu o espetáculo.

Na primeira parte, a formação poveira esteve mais tempo perto da baliza viseense. Os comandados de Nuno Capucho tiveram uma boa oportunidade aos cinco minutos, mas Peçanha respondeu com uma grande defesa ao cabeceamento de Pintassilgo.

A grande oportunidade de golo foi, no entanto, para a equipa da casa. Sandro Lima, aos 41 minutos, desperdiçou uma grande penalidade, ao permitir a defesa de Paulo Vítor, após um derrube do guarda-redes do Varzim a João Mário.

No segundo tempo, o jogo alterou-se, com os comandados de Francisco Chaló a terem uma mão cheia de oportunidades para marcar, mas encontraram pela frente um Paulo Vítor inspirado, que defendeu tudo o que teve para defender, em especial num remate de Avto, aos 55 minutos, e num outro de Zé Paulo, aos 56. Duas grandes defesas que mantiveram o nulo no resultado.

Até final, o Ac. Viseu continuou à procura do golo, mas o Varzim foi coeso a defender e procurou, em rápidos contra-ataques chegar com perigo à baliza de Peçanha, mas a defesa viseense esteve também sempre em bom plano no jogo.

Os viseenses jogaram os minutos finais reduzido a dez jogadores, devido à lesão de Bura, numa altura em que Francisco Chaló tinha já esgotado as substituições.
Equipas:

– Académico de Viseu: Peçanha, Joel, Bura, Pica, Lucas, Capela, Zé Paulo, Paná (Bruno Loureiro, 74), Avto (Yuri, 81), João Mário (Barry, 65) e Sandro Lima.

(Suplentes: Jonas, Yuri, Bruno Miguel, Kiko, Bruno Loureiro, Luís Alberto e Barry).

Treinador: Francisco Chaló.

– Varzim: Paulo Vítor, Jean Filipe, Jeferson, Milhazes, Seck (Fábio, 83), Estrela, Nelsinho, Pintassilgo, Nelson Agra, Malele (Diogo Ramos, 65) e Ruan Teles (Mário Sérgio, 59).

(Suplentes: Daniel Marinho, Kaká, Romeu, Diogo Ramos, Luís Olímpio, Mário Sérgio e Fábio).

Treinador: Nuno Capucho.

Árbitro: António Nobre (Leiria).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Mário (45).

Assistência: Cerca de 1300 espetadores.