Com o team manager André Geraldes suspenso de funções devido ao caso Cash-Ball e com os jogadores de costas voltadas para o presidente Bruno de Carvalho, o regresso de Augusto Inácio ao Sporting permitiu à administração da SAD ter novamente uma via comunicacional aberta para o plantel.

Desde que assumiu funções, a principal preocupação do diretor geral para o futebol foi entrar em contacto com os jogadores, na tentativa de os fazer ver que, ao contrário do que sucedeu nos dias que antecederam a final da Taça de Portugal, o Sporting continua atento e preocupado com os seus profissionais.

Augusto Inácio tem informado os jogadores, por telefone, de que caso tenham necessidade de algo, poderão contar com o seu apoio incondicional e pediu-lhes para continuarem a acreditar no projeto que passa pelo reforço da competitividade da equipa de futebol e por tentar ser campeão na próxima temporada.

Além disso, o diretor tem também tentado passar uma mensagem de tranquilidade aos jogadores fazendo-lhes ver que as ameaças e agressões de que foram alvo nunca mais voltarão a repetir-se, pedindo-lhes mesmo para esquecerem o passado e continuarem a acreditar no futuro.