O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, apresentou, esta tarde, as medidas sobre a abertura do próximo ano letivo, que terá início entre os dias 14 e 17 de setembro.

O novo ano  terá aulas presenciais, mistas e à distância, sendo “o regime regra” o presencial, como destacou o ministro, esclarecendo que a tutela criou os três cenários:

Uma das medidas previstas pelo Governo diz respeito ao aumento do número de dias de aulas do próximo ano letivo:

O ministro da Educação anunciou, em conferência de imprensa, que o ano letivo 2020/2021 irá ter início entre os dias 14 e 17 de setembro.

De salientar que as cinco primeiras semanas de aulas serão destinadas à recuperação e consolidação das aprendizagens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here