Os documentos relativos à Prestação de Contas e Relatório de Gestão do exercício de 2019 aprovados pela Assembleia Municipal da Lousã indica que este município reduziu a dívida em mais de meio milhão de euros.

De destacar que cerca de 50% do investimento municipal, foi concretizado com recurso a verbas recebidas a fundo perdido, obtidas através de candidaturas efetuadas pela Câmara Municipal a fontes de financiamento (comunitárias e nacionais) o que é revelador do trabalho de qualidade realizado na preparação destas candidaturas e da pertinência das mesmas.

De acordo com nota enviada à MundialFM, o exercício de 2019 foi encerrado sem pagamentos em atraso e com um prazo médio de pagamento muito abaixo dos 90 dias previstos na Lei.

Apesar dos significativos investimentos realizados ao longo dos anos pela Câmara Municipal, a Autarquia continua a cumprir com os limites ao endividamento Municipal, tendo uma margem na ordem dos 2.800.000€, o que na prática significa que a Câmara Municipal poderá – caso seja necessário – recorrer ao crédito para concluir ou implementar projetos ou novos investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here