Identificados na Grande Lisboa 130 casos positivos em obras de construção civil, 340 casos em empresas e vários focos da doença em lares e bairros.
A Direção-Geral da Saúde lançou um alerta para os aglomerados que se têm registado no país e, em especial na região de Lisboa e Vale do Tejo, o principal foco da doença no país, onde há mais de quatro mil pessoas com a doença ativa.
Para evitar a propagação da doença no transporte dos trabalhadores de fábricas ou da construção civil foram emitidas normas da DGS em conjunto com a Autoridade para as Condições do Trabalho.
Com o país prestes a entrar na terceira fase de desconfinamento, e com quase 800 mil testes feitos à covid-19 as autoridades garantem que as reservas estão estáveis e ainda há um milhão de testes em stock para conter a pandemia no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here