A Associação Portuguesa de Adeptos aliou-se à Liga Portuguesa de Futebol Profissional, no sentido de serem transmitidos, em sinal aberto, os restantes jogos da I Liga portuguesa.

Em comunicado, a estrutura lembra que Portugal está a atravessar um momento muito grave de saúde, causado pela covid-19, sendo preocupante ter aglomerados de pessoas que vão ver os jogos em conjunto nos mais diversos locais, se estes forem cobrados pela transmissão. A crise económica causada pela pandemia e a realização de jogos à porta fechada levam a Associação que representa os adeptos a concluir que o sinal aberto para as partidas que faltam é o mínimo que se pode exigir a quem de direito, sendo que ninguém sai a perder com a proposta da Liga Portugal.

Recorde-se que o presidente da Liga, Pedro Proença, reiterou, segunda-feira, que os restantes jogos da I Liga de futebol devem ser transmitidos em sinal aberto, devido à pandemia da covid-19, e revelou que apresentou essa proposta ao Governo:

 

 

Refira-se que a Associação Portuguesa de Adeptos admite realizar eventos de protesto por todo o país, depois de controlada a pandemia de covid-19, pelo tratamento desfavorável dado aos adeptos na tomada de decisões em torno do regresso do futebol, até por considerar que se aproxima o princípio do fim.

Ainda segundo a organização, o futebol do futuro será feito em estádios sem bancadas e virtualmente visto em casa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here