O Primeiro-Ministro e secretário-geral do Partido Socialista, António Costa, considera que a dimensão do desafio económico e social que Portugal enfrenta, por causa da pandemia, exige diálogo e consenso político e social. Na abertura da Comissão Política Nacional do Partido, o líder socialista alertou para os dois anos muito duros que temos pela frente:

A convicção de António Costa, discursando, a noite passada, na abertura da Comissão Política Nacional do Partido Socialista. Portugal vai ter pela frente dois anos muito duros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here