Os Especialistas do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) desenvolveram um ventilador de baixo custo e fácil montagem para apoiar os hospitais portugueses.

Desenvolvido para oferecer apoio a hospitais de “segunda e terceira linha” e aos doentes que aguardam transferência para os hospitais centrais, este ventilador pode ser usado “para ventilação invasiva transitória em doentes com insuficiência respiratória”.

A tecnologia, desenvolvida por uma equipa de engenheiros e médicos, assenta num sistema de “compressão e descompressão automática de balão autoinsuflável”, assemelhando-se a um ventilador de emergência e transporte que pode ser utilizado “sem acesso à rede de energia elétrica”.

Nuno Cruz, coordenador do projeto e investigador, adianta que o protótipo do ventilador já foi testado e está agora a ser organizada a sua industrialização, produção e montagem “em resposta aos desafios colocados” pela Administração Regional de Saúde do Norte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here