O número de casos confirmados de covid-19 em Portugal subiu para 2.995, mais 633 relativamente ao dia de ontem. O número de vítimas mortais também subiu, sendo agora 43, mais 10 que ontem.

Os casos recuperados continuam a ser 22. Os números foram avançados, ao início da tarde, pelo secretário de Estado da Saúde, António Sales:

O governante manifestou ainda a sua preocupação em relação aos lares de idosos, referindo também que tudo está a ser feito para a distribuição dos materiais de proteção:

António Sales pediu ainda a confiança de todos, relativamente aos dados revelados pela DGS:

A este propósito, a diretora-geral de saúde afirmou que é impossível mentir, no que toca aos números, mesmo tendo em conta que podem existir discrepâncias:

Graça Freitas adiantou ainda que, a partir da meia noite de hoje, vamos entrar na fase de mitigação, a mais crítica do processo de combate à pandemia, acrescentando que há registo de contaminação comuntária, para já, numa escala ligeira e controlada:

Para além dos números referidos pelo secretário de Estado da Saúde, há 1.591 pessoas que aguardam resultado de exames laboratoriais. A região Norte continua a ser a mais afetada, com 1.517 casos de covid-19, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo, com 992. A região Centro tem 365 infetados, o Algarve, 62 e o Alentejo, 12. Há 17 pessoas infetadas nos Açores e 16 na Madeira.

Entretanto, o Primeiro-Ministro visitou hoje os doentes internados no Hospital Curry Cabral, em Lisboa. No final, e ainda a propósito das discrepâncias de dados, António Costa disse aos jornalistas que a DGS não fabrica números:

Relativamente às críticas de alguns profissionais de saúde, quanto à falta de material, o Chefe do Governo disse que está a ser comprado e distribuído conforme as necessidades e recordou a lista de encomendas:

O Primeiro-Ministro deixou ainda um apelo a todos os portugueses, quando estamos a entrar nesta nova fase de combate à covid-19:

O apelo de António Costa, à saída de uma visita aos doentes internados no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde esteve acompanhado pela ministra da Saúde, Marta Temido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here