O Governo promoveu, ontem, uma reunião à porta fechada, no auditório do Infarmed, em Lisboa, para dar conta da situação da pandemia de coronavírus em Portugal. No final, o Presidente da República falou aos jornalistas, realçando que há razões para ter esperança: 

Além do Chefe de Estado, também o presidente da Assembleia da República, o primeiro-ministro, a ministra da Saúde e a diretora-Geral da Saúde e os  líderes partidários estiveram presentes na reunião.

Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a sessão técnica sobre a situação da covid-19 em Portugal contribuiu para cimentar um espírito de coesão e de unidade entre responsáveis políticos:

O Presidente da República frisou ainda o papel dos especialistas:

Marcelo Rebelo de Sousa considera que todos os portugueses são os grandes batalhadores neste combate nacional.

O Chefe de Estado lembrou que o estado de emergência em vigor termina a 2 de abril, pelo que antes terá de ser tomada uma decisão sobre um eventual prolongamento por mais 15 dias, o que irá exigir nova ponderação conjunta dos responsáveis políticos e dos especialistas no domínio da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here