O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, assinou um despacho que altera o horário de trabalho dos funcionários da autarquia.

Segundo o documento, o horário a praticar pelos trabalhadores dos serviços municipais e municipalizados, que não possam realizar as suas tarefas em regime de teletrabalho, a partir do domílicio pessoal, passe a ser o da modalidade de jornada contínua, com a redução de uma hora diária, durante o período em que durar o estado de emergência, salvaguardando-se as especificidades dos trabalhadores afetos a serviços essenciais.

Relativamente ao regime de teletrabalho, cada pedido de exercício de funções em casa deve ser validado pelo dirigente do respetivo serviço, que definirá, para cada caso concreto, as tarefas a desempenhar e a sua compatibilidade com o regime de teletrabalho. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here