As associações empresariais da Serra da Lousã, Poiares, Miranda do Corvo e Penela defendem o fim imediato das portagens na A13, apoiando a recente tomada de posição do presidente da Câmara da Lousã.

Carlos Alves, presidente da Associação Empresarial Serra da Lousã, é o porta-voz das quatro estruturas, que representam mais de 3.000 empresários e mais de 900 Milhões de euros de facturação. Segundo este responsável, os empresários atingiram o seu limite:

Carlos Alves fala sobre as dificuldades por que passam os empresários desta região:

O facto da nova ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, ser da região e conhecer bem o território, dá algumas esperanças às estruturas empresariais:

O presidente da AESL refere ainda que não estão colocadas de parte outras formas de luta:

Era Carlos Alves, presidente da AESL, a propósito da tomada de posição das estruturas que representam os empresários da região, relativamente ao pedido de isenção de portagens na A13. As associações empresariais da Serra da Lousã, VN Poiares, Miranda do Corvo e Penela apoiam a tomada de posição do presidente da Câmara da Lousã, que sugeriu à ministra da Coesão Territorial a abolição de portagens na A13, como forma de promover a competitividade da região, aproximando o interior a pontos-chave como Lisboa e Porto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here