O Presidente da República visita, esta quinta-feira, a cidade da Beira, a região mais afetada pelos ciclones de 2019, que classificou como um ponto crucial na sua deslocação a Moçambique.

Marcelo Rebelo de Sousa, que se encontra naquele país africano desde segunda-feira, vai inteirar-se do processo de recuperação naquela região muito fustigada pelos ciclones que assolaram Moçambique no ano passado.

A visita do chefe de Estado português acontece dez meses depois de o ciclone Idai atingir a cidade onde vive meio milhão de habitantes, uma área degradada e impreparada para enfrentar a tempestade. Marcelo vai visitar as obras de reconstrução do Hospital Central da Beira, unidade de referência no Centro de Moçambique.

Na agenda do Presidente estão também previstas visitas ao consulado-geral de Portugal na Beira e à exposição “Futuros Presidentes”, no Centro Cultural Português.

De volta a Maputo, Marcelo Rebelo de Sousa terá, amanhã, um encontro com a equipa da cooperação técnico-militar em Maputo e um almoço com personalidades locais, no último dia da sua visita a Moçambique. O regresso a Portugal está marcado para sábado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here