O Rali da Austrália, a última prova a contar para o Campeonato do Mundo de Ralis, foi cancelado devido aos grandes incêndios florestais que afetaram a região de Nova Gales do Sul, onde a mesma teria lugar.
Os organizadores tomaram esta decisão em virtude do cenário dramático dos fogos na região, seguindo também um desejo das equipas, que assistiam com preocupação à evolução dos acontecimentos.
Depois de terem chegado a considerar uma rota alternativa para o evento, os organizadores do Rali da Austrália optaram pelo cancelamento da prova na tarde de terça-feira, uma vez que as condições não melhoraram no terreno.
O recém campeão do mundo, Ott Tänak manifestou que “os meus pensamentos estão com todos os afetados, os seus familiares e amigos e todas as pessoas da região da Nova Gales do Sul que foram afetadas por estes terríveis incêndios florestais”.
Na mesma linha de pensamento, Sébastien Ogier, piloto da CITRÖEN Racing, demonstrou que “nós estamos tristes de ver o Rally da Austrália ser cancelado, mas a segurança vem primeiro e esta era a decisão correta a tomar. Os nossos pensamentos estão com todos os afetados por estes terríveis eventos e com os bombeiros que continuam a combater os incêndios”.
Muitos dos pilotos e das equipas do WRC têm vindo a fazer várias doações a vários corpos de bombeiros da região e a associações de voluntários locais.

Com este cancelamento, nada muda nas classificações dos Mundiais de Pilotos e de Construtores. Ott Tänak já tinha garantido o título com o Toyota Yaris WRC. Por decidir estava o título de construtores, que foi conquistado pela Hyundai Motorsport.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here